14 de outubro de 2011

Cadê meu dono? (Parte II)

Continuação do texto: Cadê meu dono?

Pois é, há muito o que explicar. O cachorrinho que me adotou no dia 05/10 gerou muitas especulações aqui em casa. Isso é normal já que ele "caiu do céu" bem no meu colo, sem lenço nem documento e sem placa de identificação. "De onde ele veio?", a gente pergunta. O que ele traz? Por que me escolheu? Como foi parar aqui, perto de onde moro? São perguntas desconfortáveis porque não tem resposta. Digo, respostas tem, mas só Deus sabe quando e SE irei descobrí-las! Logo eu, que já filosofo pelos cotovelos sem precisar de grandes mistérios. Logo eu, que odeio ficar sem respostas. Mas antes de começar a divagar de novo, tenho que atualizá-los.

Meu namorado resolveu passar um fim de semana aqui em casa e aproveitou para conhecer o novo membro da família. Antes, já havíamos conversado muito sobre o ocorrido e cada um formou sua própria opinião. Decidi que faria de tudo para divulgar que o cachorro estava comigo e meu namorado apoiou a causa. Divulguei o link do meu texto pelas redes sociais, como vocês devem ter percebido, e imprimi alguns panfletos para colocar em faculdades de medicina veterinária, casas de ração e pet shops. Não fiz nada além do que gostaria que fizessem por mim e garanti minhas noites de sono tranquilo, enquanto o cachorrinho dorme ao pé da minha cama. Se for melhor para ele voltar para seus donos, ele voltará porque estou fazendo o possível para isso, mas se for melhor para ele ficar comigo, todo mundo pode ter certeza de que será muito bem adotado!

Eu e minha mãe estamos fazendo de tudo para deixá-lo confortável durante sua estadia. Não que seja necessário muito esforço, porque o cachorrinho se sente em casa por si só. Parece que sempre foi nosso. Brinca todas as manhãs e começos de noite com o Benjamin, como se fossem irmãos. Come muito bem, tem um apetite que não condiz com seu porte pequeno. Ganhou a cama que era do Benjamin quando filhote (aquela mesma de quase R$100!) e o potinho de comida pequeno também. Minha mãe o chama de "pantufa" porque onde ela vai o baixinho vai atrás! E, recentemente, ele e o Benjamin ganharam, cada um, uma bola para se divertirem e destruirem a casa na brincadeira de pega-pega. A única coisa que faltava era um nome, mas não me sentia bem em escolher um nome para um cachorro que, bem, não é meu. Porém, mesmo assim, quando dei por mim tinha uma lista formada:
  1. José Cândido (né!)
  2. Cisco
  3. Algodão
  4. Quidam
  5. Madruguinha
  6. Pipoca
Quidam era meu favorito. Minha mãe até o chamava assim na maioria das vezes, porque é um nome que tem tudo a ver com ele. "Quidam", além de ser um espetáculo do Cirque du Soleil, é uma palavra em latim que significa um indivíduo sem rosto nem nome. Um solitário. Transeunte que permanece na esquina sem ser notado. Um Zé Ninguém, minha gente, e de Zé Ninguém o José Cândido entede bem. Quidam, o nome perfeito! Mas eu realmente não me senti bem o chamando assim porque, afinal de contas, não é o nome dele e por isso ele não nos atendia. Então, como eu dizia, meu namorado chegou em casa e enquanto conversava comigo, sem querer, descobriu o nome do pequeno notável!

Estávamos ali, dizendo nomes aleatórios e engraçados, quando meu namorado o chamou sem querer. Testamos. Muito! Em todas as vezes, "Tony" abanou o rabinho nos olhando. Qual a propabilidade disso acontecer? 1% em todos os casos de cachorros encontrados na rua? Pois é, Tony e seus mistérios. Prefiro acreditar que seu nome é baseado em Tony Stark, o grande, ao invés do Tony Ramos (obviamente).

Por fim, eu queria agradecer muito a todo mundo que divulgou os links e a Janaína que fez um widget muito bonito para divulgar a causa, a todos que estão o usando em seus blogs e a Thay, sempre muito querida, me apoiando em todos os projetos sempre. Obrigada de verdade!

Tony, o cachorro que escolheu seu nome, também agradece!

15 comentários:

Del Santana disse...

Caraca, "Tony, o cachorro que escolheu seu nome". Incrível isso, Del, muita coincidência.

Eu gostei de Madruguinha ^^.

Que o dono de Tony (se ele realmente já tiver um dono) o encontre logo, senão seu coração vai ficar apertado ao ter que devolvê-lo...

Beijo!

Ana Lu disse...

Ei Del! Você fez o que podia, realmente! Agora deixe os ventos decidirem se Tony vai ser seu ou se volta para os donos! E eu tinha adorado o nome Quidam, hahaha.

Andreia disse...

Ele é muito vaidoso ne? Por não dizer fotogénico. Cada nova fotografia ele aparece ainda mais fofo que antes. *O*

A única coisa que lamento é viver do outro lado do oceano, senão eu mesma iria aí adoptar o Tony. '-'

E devo dar-te os meus parabéns; pois não é qualquer pessoa que agarra num cão "vadio" e o leva para casa. :/ Infelizmente há ainda quem finja que não é nada com eles. >-<

Luciana Brito disse...

Ai, que figurinha!
Ele é muito lindo, não canso de dizer. E quanto ao nome dele ser Tony, é melhor mesmo pensar em qualquer um que não seja o Tony Ramos kkkkkk

Mas poxa, eu ainda gostava de José Candido! E o Quindam também ficou bem legal.

Beijo!

Thay disse...

Cada vez que me deparo com uma fotografia do Zé, ou melhor, do Tony, fico fazendo barulhinhos agudos, haha! Ele é muito fofo e super fotogênico! Mas assim, você fez bem mais do que grande parte das pessoas fazem: acolheu o cachorro, divulgou aonde pode e tudo o mais. Se os donos não aparecerem, pode ter certeza de que Tony escolheu a pessoa certa pra seguir na rua. :)

AWN! E meu nome está no post! HAHAHA, agora sim que fico fazendo grunhidinhos de felicidade! E eu ajudo porque me identifico, se fosse meu cachorro perdido por aí, gostaria que pudessem fazer o mesmo por ele. E, oras, eu gosto de estar por aqui e acompanhar seus projetos! Faço com a maior alegria. ^^

Beijo Del!

p.s.: Quidam é um nome muito interessante! Quem sabe um próximo cachorrinho aventureiro não o herda? HAHAHA

Anna Vitória disse...

O Tony é FOFÍSSIMO!
Desde o início achei sua campanha muuuuuito bacana, Del, porque só mesmo quem tem cachorro sabe o desespero que dá só de PENSAR em perder nosso bebê, e eu realmente iria gostar que fizessem algo do tipo por mim. Mas se for pro Tony ser seu, que é o que parece que vai acontecer, acho que ele não vai achar ruim não, viu?
hahaha
beijo!

Isadora disse...

Gente, que coisa MAIS LINDA! O.o
Tô emocionada aqui. Ai Del, que situação difícil. Eu não queria estar no seu lugar: nunca conseguiria me desapegar dele, sabe? Ao mesmo tempo, não deve ter coisa pior que perder seu bichinho... Olha, sua atitude tá sendo linda, viu? E se o Tony tiver que ser seu - e parece que vai! - pode ter certeza que ele vai ter o melhor lar do mundo. Olha essa carinha de felicidade, dele!
Beijos!

Jana disse...

ai, Del, que massa! haha
encontraram o nome sem querer, deve ter sido muito divertido! Eu achei que combinava mais Quidam (pensei logo em quindim, meu doce favorito. haha) ou Pantufa. E, gente, que sorte tamanha descobrir o nome do Tony! Quer dizer, quandas possibilidades e vocês cairam bem em cima! Muito bacana a coisa dos panfletos, com certeza se alguém conhecer, vai entrar em contato. Mas, vou te confessar, estou torcendo pra você ficar comm ele e fazer companhia pro Benji. haha Imagino alguém passando ai pra buscar e já me dá vontade de chorar... seria muito dolorido. Mas, coloca na mão de Deus e Ele vai decidir o melhor, com certeza. :)

PS: não precisava agradecer, fiz de coração, Del! Tem cachorro no meio, eu tô dentro. >_<

Iasmin Cruz disse...

Oi, quero te convidar para conferir a entrevista com a Juliane Bastos: http://iasmincruz.blogspot.com/2011/10/entrevista-com-juliane-bastos.html

Ótimo fds!

Ba Moretti disse...

Caramba, que loucura. E ele transborda amor, dá pra ver.

Ps. Divulgando!

Aym disse...

Quidam seria meu favorito... é bonito... diferente... uhausauhshaus mas se ele escolheu =x auhsauhshuasuh ótimo. =D~ a minha escolheu Zoë eu queria Chlöe... mas ela que escolheu uashuasuhauhs cachorros sabidinhos. =x
beijos
bom sábado.

Roberta disse...

Meu cachorro também escolheu o nome dele .. kkk
eu estava assistindo ao filme "Prova de Fogo" (dois dias depois de tê-lo adotado, ele ainda estava sem nome) e o personagem principal chama-se Caleb, a esposa dele começou a gritar Caleb, Caleb e o maluquinho veio correndo e começou a latir para a tv, foi ótimo! aí seu nome ficou Caleb (babie da mommi's) ..
Acredita em destino? Forças superiores? quem sabe não foi um deles que te trouxe o Tony :)

Camila disse...

Ah que lindoo!
Adorei ve tudo que você tá fazendo por esse pequeno,
uma atitude que raramente se vê nas pessoas!
Parabéns e boa sorte para encontrar o dono (:

Thais disse...

Você é uma pessoa do bem. Gostaria que fizessem o mesmo por mim caso acontecesse isso. Já tive um cachorro perdido e sofri muito. Mas ele não deixa de ser menos fofo por não ser "seu" né?

http://thaisacorrea.com/b/

Gabriel Borges - (www.uglymonster.sugar-dance.org) disse...

Aw esse cachorro é muito lindo, tomara que aconteça o melhor pra ele, se for melhor ficar com voce ou voltar pro dono, porque os donos podem estar sentindo falta né?

Eu coloquei o selo de divulgação no meu blog, quem sabe ajuda né?

Beijo.

Tenha uma ótima semana.

Gabriel
www.uglymonster.sugar-dance.org

Postar um comentário