9 de março de 2012

A arte de ser inconveniente

Foi depois da indignação da AnaLu que comecei a prestar mais atenção nisso: e não é verdade que certos blogueiros perdem a noção de etiqueta?! Ninguém é obrigado a nascer sabendo, mas para mim todo mundo deveria ser obrigado a ter o que fazer! Esse é só um de tantos outros recados que os anônimos de plantão precisam ouvir; ou qualquer outra pessoa que visita o blog alheio e deixa comentários desagradáveis. Veja você, isso não tem a menor necessidade. É óbvio, mas acredite, muitos acham fazer alguma diferença com esse tipo de atitude. Em um país onde a população necessita de campanha para compreender que lugar de fazer xixi é no banheiro, não é novidade descobrir que muitas coisas claras e objetivas se tornam verdadeiros mistérios para alguns.

Aqui, no Bonjour Circus, nunca recebi comentários inúteis. Mas, por outro lado, vez e outra aparecem recados. Sim, porque nem tudo pode ser chamado de comentário. "Blog lindo! Passa no meu?" ou "Estou sorteando o livro Tal do autor Fulano, participe!"; esse último é o que mais pipoca, ainda mais com a onda literária. Cada vez mais pessoas abrem blogs "especializados" no assunto. Eu, sinceramente, questiono a qualidade de tal conteúdo mastigado e replicado por toda a internet. Ninguém mais fala em clássicos, somente divulgam os lançamentos (que saem aos montes) parecidíssimos uns com os outros e nada mais. A literatura, pouco a pouco, torna-se uma massa desforme. Mas não é esse o meu ponto.


Isso não é imensamente condenável, porém, assaz cansativo. Existem duas formas de fazer uma divulgação, cada um escolhe a que melhor convir, e é agora que você deve prestar atenção na minha dica!

Primeira forma: Montar um texto curto e focado unicamente na intenção de manipular a atenção das pessoas para sua promoção ou o que quer o valha. Dessa forma você pode copiar seu anúncio e visitar dezenas de blogs num pequeno espaço de tempo alcançando assim, muitos blogueiros. É um trabalho sórdido, mas pode trazer um bom resultado. Entretanto, você deveria pensar nos contras antes de fazer isso, já que muitos blogueiros irão se incomodar com sua falta de educação.

Eu, com toda paciência e bom senso, preferi a política da boa vizinhança.

Segunda forma: A boa e velha prática do rodapé ou o simpático post scriptum (mais conhecido como PS). Não custa nada você ler o texto e fazer um pequeno comentário sobre ele. Já ouviu falar de leitura dinâmica? Resume seu tempo parado em um blog só e ao mesmo tempo não compromete sua presença na blogosfera. Eu, por exemplo, me sentiria muito mais atraída a participar de uma promoção ou visitar um blog se o comentarista se prestasse a dar atenção ao Bonjour Circus. Todo mundo quer mimos, seguidores e visitas, mas ninguém quer visitar e conquistar leitores. O mundo pode parecer fácil assim, mas não é. Não, não se engane! Não é fácil. Alguém pode te adorar por sortear livros gratuitamente. Outros podem desprezar você por se achar ocupado demais para ler o texto, mas ter tempo o suficiente para cuidar de seus interesses.

Por fim, eu gostaria de avisar que a partir de agora comentários desse tipo serão apagados e seus respectivos blogueiros ignorados. O recado está dado, as opções estão disponíveis. É sua vez de decidir se quer uma reputação relâmpago ou o carinho de várias pessoas pelo o que pensa e escreve. Esse tipo de valor não posso ensinar. Como a maioria das coisas na vida, depende de você querer ou não aprender!

13 comentários:

Andreia disse...

Bom, para ser franca, de vez em quando (a.k.a sempre) recebo comentários do tipo "que blog lindo. passa no meu?!". Eu geralmente ignoro este tipo de comentários, aliás: finjo que nem sequer os li. Como da muita trabalheira ir até ao Reblogger, fazer o login da minha conta e depois ter que procurar pela secção de comentários, então me programo para nem dar atenção a esse tipo de comentários.

Mas acho que deveria de haver uma espécie de "troca equivalente". Se você 'dá' um comentário construtivo num blog, logo deveras receber um comentário semelhante ao que deixaste e não um pior do que o teu. Eu, pelo menos, quando comento, esforço-me por deixar um BOM comentários. Acho que essa é a nossa obrigação enquanto «comentaristas» (?!)

Mas como não se pode agradar a gregos e troianos, parece que nem todos os blogueiros entende que mais vale um comentário com conteúdo que um comentário sem conteúdo.

Beijokas

PS: Sinto que o teu blog está a começar a ir por "outros" caminhos. E o pior é que estou a gostar desses "outros" caminhos! xP

Pri Bragança disse...

Del, eu concordo com essa coisa de etiqueta, sim. Acho ridículo mendingar comentários.

Isso faz com que eu me sinta parada nos sinais do Rio de Janeiro, vendo o menino vir com a flanela limpar meu vidro.

Um beijo, Pri.

Laura K. disse...

Nossa, que blogueiro sério gosta de um "comentário" desse tipo? Entre aspas mesmo, porque comentar não é fazer propaganda do próprio blog, é discutir, dar opinião, etc. Por isso, para não me aborrecer, faço uma triagem de comentários...

ternoazul disse...

eu acho tão inconveniente que preciso passar um bom tempo visitando e acompanhando um blog até criar coragem de comentar, por não querer fazer um comentário insignificante ou qualquer coisa que o valha. daí eu fico esperando nem que seja pelo momento clássico do "me identifiquei com isso aí" que muitas vezes, por ser tão clássico, também é chato. pois é, me identifiquei, só que ao contrário. porque sou medrosa. beijos.

Janaina Barreto disse...

Concordo com a Pri: isso é mendigar comentários.
Além dessas propagandas chatas que a gente odeia receber, acho ainda pior receber aqueles "tem post novo no blog". Tipo, a pessoa nem leu o meu post pq eu vou me dar ao trabalho de passar no blog dela?! Isso é pedir pra ser ignorado, sério. ;x E como você disse: a gente até demonstra uma simpatia se a pessoa comenta direitinho, como manda a etiqueta, né? Mas se não, realmente, não dá. '-'

Beijoka, Del!

PS: no último comentário que deixei aqui fiquei falando dos meus problemas e não disse o essencial: estou feliz por ti, Del! Adorei saber que você está voltando com tudo à sala de aula. Você é uma garota inteligente, tem potencial e vai ser alguém grande, tenho certeza! ^-^

Outro beijo ;*

Thay disse...

E não é que eu venho comentar e tem DOIS exemplos do post diretamente no meio dos outros comentários? HAHA, meu Deus! É muito insuportável receber esses comentários 'copia + cola'. A pessoa sequer se dá ao trabalho de ler o post e comentar algo relacionado, vai direto pra autopromoção. u_u

L.H.C disse...

Ai amei o blog, passa no meu?

:::::
ahahha mandou bem, eu acho tão deselegante ficar mendigando comentário, eu até fico surpresa quando alguém comenta meus textos, por que tipo, não espero que isso aconteça com frequência; acho que retribuir um comentário é válido, mas também se o comentário recebido tiver algum fundamento. Eu já estou ficando irritada com tanto "blog literário", sem falar que as resenhas são praticamente a mesma coisa, de repente todo mundo acha que entende de literatura.

Yuu disse...

Comentários assim são a mosca na sopa. Mesmo com a pouca popularidade do meu blog já me apareceram pessoas divulgando promoções/sorteios/enquetes e avisando que tem post novo no blog. Acho isso um tanto irritante, mas minha timidez somada com a preguiça fazem eu ficar calada. Eu sempre retribuo a visita de quem me deixa um comentário e faço com o maior prazer desde que a pessoa não ponha "pressão".

Enfim. Este é o meu primeiro comentário aqui no Bonjour Circus, mas não é a primeira visita. Gosto muito do seu blog e a perspectiva dos seus posts é bem abordada. Visito sempre que posso e espero ter sido aprovada na política de bons comentários, haha.

Beijos e bom final de semana.

Ana Luísa disse...

Assino embaixo. Ô coisa que me irrita!!!!

bruninha78 disse...

E no meu blog que nem isso comentam? kkkkkk Tadinho. Mas também, eu admito que nem todo mundo ta a fim de saber da minha vida pessoal. Acredito que apenas amigos vão se dar ao trabalho de parar, ler e comentar.. faz parte.
Beijos

Luciana Brito disse...

Eu concordo plenamente contigo. Acho um saco receber propagandas ou aquele famoso "adorei teu blog, passa no meu?". Eu ignoro desde sempre, porque acho isso o cúmulo da falta de noção.

É melhor ter poucos leitores e poucos comentários, mas os poucos que tem ser de qualidade.

Beijo!!

Nina Vieira disse...

Del,
estou de acordo com a sua posição. Detesto comentários anônimos e sorteios desse tipo. Inclusive, deixei de frequentar o twitter pela avalanche de sorteios que se propagavam por lá. É uma vergonha. Absurda.
Abraços.

Mia Sodré disse...

Eu não acredito que eu ainda não seguia seu blog. Eu sempre passo aqui pra ler o que você escreve, mas nunca havia realmente parado para seguir. Que estranho isso. haha
Enfim, concordo com tudo o que você disse. Detesto quando as pessoas fazem propaganda no meu blog. Ou pior, aquelas que apenas comentam: parabéns pelo blog. Ou: segui, pode seguir o meu? Tenho meta de XXX seguidores e preciso da sua ajuda.
Detesto isso. Que história é essa de meta de seguidores? Blog é um local que é pra ser pessoal, pra o povo se identificar, e não pra ser uma amostra de números e estatísticas. Sou meio que revoltada com esse tipo de coisa. Ainda entendo se o blogueiro for iniciante, tipo, 1 semana de blog e não conhecer as etiquetas da blogosfera. Mas mesmo assim, me irrito bastante e ignoro comentários do tipo.

Postar um comentário