3 de abril de 2013

Um café frio com um pingo de saudade, por favor

Do que trata este texto? Dornach. Por quê? Porque estou com imensas saudades de lá. Para quê? Para que vocês saibam que existem lugares no mundo que fazem a vida valer a pena. Não, não que eu vá tentar convencer alguém de alguma coisa - o meu ponto de vista é míope. Que merda, eu só quero conversar!


Faz quatro anos que voltei de Dornach e apesar de clichê, cara, parece que foi ontem. Foi o tipo de coisa que nos acontece sem o menor aviso prévio - eu nunca imaginei que um dia moraria na Suíça, nunca se passou pela minha cabeça que existia um lugar chamado Dornach levantado, praticamente, pelas mãos de Rudolf Steiner. Como diria Hassan (do livro Teorema Katherine): "o mundo é um enorme globo de neve". Deus gosta de chacoalhá-lo às vezes e ver a neve cair sobre nós. Sim, caro leitor, a vida é uma caixinha de surpresas.


É inútil olhar as fotos e tentar voltar à atsmofera daquele lugar. Por outro lado, nada me impede de fazer a promessa de retornar qualquer dia desses. Pode parecer pretensão de minha parte (e sempre é), mas é por causa de lugares como esse que eu não entendo a fissura pela fria Paris e a poluída Londres. As pessoas não sabem procurar. Ou tem medo de encontrar? Eu faço um apelo, enfim: deixe Dornach entrar!

10 comentários:

L.H.C disse...

Eu acho que morar num lugar desses deve ser muito bom, só o frio compensa, trocaria minha vida toda para ser europeia, sem nem pestanejar, tô cansada desse calor infernal.

Jana disse...

que lugar lindo! e o mais importante: é frio! \o/

Mari Mendes disse...

O meu tio mora na Suíça (não sei exatamente em que lugar), e diz que lá realmente é muito frio. Seria um bom lugar pra se morar.
Lindas fotos! (=

Ana Flávia Sousa disse...

Meu Deus, que lugar deslumbrante Del!
Morou muito tempo por lá? Se a lenda é verdadeira, morreria afogada nos chocolates de lá, e voltaria com obesidade mórbida. hehehe
Tenho vontade de conhecer esse mundo afora, talvez começa por Buenos Aires, em julho. É o que dá pra fazer por enquanto, e espero que Deus chocoalhe nosso globo de neve e me faça cair um céu de surpresas boas por lá.

Beijos.

Andreia disse...

A Suiça é linda. Já por nao falar que é o país do chocolate.

Do pouco que sei, as pessoas sentem-se mais ofendidas por ter botado um papel ao chão do que por teres deitado um 'pum'. Ou isso foi o que houve dizer. :X

Adorei as fotos.

Renata Cristina disse...

Nossa, que lugar lindo! *-*
Conhecer lugares como esse deve dar uma vontade a mais de viver e aproveitar as coisas boas da vida! Hehe
Beijos

gabriela m. disse...

Que lindo!!! Você já morou nesse lugar lindo??? Por queeeeeeeeeeee voltou para São Paulo???? HAHAHA

Froide disse...

Também não gosto do comum, não tenho vontade de visitar Paris, New York ou London, ao menos não antes do Chile, Colombia, Argentina etc e nesse sentido você está (reformou né?) absolutamente certa, há muitos lugares, desconhecidos pelo turístico tradiconal e que vale muito mais.

Aliás, eles são realmente mais civilizados?

Até mais.

Ps; lay novo, ao menos pra mim e eu adorei!

Thay disse...

Lembro de você ter falado de Dornach anteriormente, o que me fez ir direto pro Google conhecer a cidade! Adoro essas cidades pequenas e desconhecidas. Quando puder fazer meu mochilão pela Europa, é exatamente esse tipo de lugar que quero conhecer, aqueles que não estão na mídia e tem um tipo diferente de atmosfera. Parece aconchegante pelas fotos, rs. Dornach é uma graça!

Gabi disse...

Tu morou na Suíça? Que legal!
Confesso que nunca tinha ouvido falar sobre essa cidade e a primeira coisa que eu fui fazer foi procurar no google haha adorei as fotos, esse lugar parece encantador.
Olha, eu não sei por que as pessoas tem tanta fixação por Paris e Londres. Claro que se eu pudesse viajar para esses lugares eu não recusaria - a coisa não funciona assim também - mas eu prefiro lugares mais "místicos", diferentes, com história (por exemplo, os castelos da Alemanha).
Beijos

Postar um comentário