8 de maio de 2013

Cinco lugares que quero conhecer

Antes, eu achava esse negócio de viajar o mundo um tanto blasé. Que mané conhecer lugares diferentes! Se eu pudesse pelo menos passear pelo bairro sem me perder já estaria no lucro. Hoje, eu mudei de ideia. Depois de conhecer um pouco do estrangeiro, aprendi que existe muito mais do que podemos imaginar. Descobri que o mundo existe para ser desbravado e, oras, estamos aqui para isso. É claro que o meu dinheiro só me permite viajar através do Google Earth ou do Google Maps, mas essas humildes economias não me impedem de sonhar. Quem sabe, então, um dia eu vá conhecer...

Auroville

Ainda estou em uma fase indiana, assistindo filmes de Bollywood, requebrando o pescoço com músicas felizes e também lendo livros a respeito da vida na Índia. Encontrei o livro “Tesouros da Índia”, de Maurício Andrés Ribeiro, dando sopa na internet e resolvi ler só por curiosidade. Dentre as páginas (riquíssimas em conteúdo) Maurício cita uma cidade senão excêntrica, pelo menos muito curiosa: Auroville. Fundada através dos princípios da ioga de Sri Aurobindo, a cidade reune mais de mil pessoas em prol de uma humanidade unida. É uma viagem surreal através da espiritualidade e de uma esperança sem limites na paz mundial, mas fiquei morrendo de vontade de conhecer um lugar onde ainda acreditam que podemos dar certo! Saiba mais em Auroville.org.

Finlândia

“Ain, só por causa do The Rasmus. Essa poser”! Não sei vocês, mas eu não vejo problema algum em também tirar uma foto nas escadarias de Helsingin tuomiokirkko e apertar a mão do presidente ou do primeiro-ministro na festa de independência. Só que o meu foco principal são as igrejas Petäjävesi (foto) e Kerimäki, ambas cheias de histórias e construídas em lugares e de jeitos diferentes. A Petäjävesi, por exemplo, é Patrimônio da Humanidade da UNESCO e...
Toda a construção é feita de pinho natural, somente um pouco de cor vermelho-ocre em seu interior, graças a uma tradição medieval. As paredes são guarnecidas das iniciais gravadas dos carpinteiros que participaram da construção.
— Wikipédia
Um dia, eu sei, vou me casar nela. Aliás, um dia terei dinheiro para viajar a Finlândia de cabo a rabo, passar uma noite gelada mas feliz sob o teto da Aurora Boreal, comer muito salmão, falar muito palavrão, assistir a um show da minha banda favorita em sua terra natal e você vai ficar aí com dor de cotovelo.

Não fica triste, não. Eu trago uma lembrancinha.

Vale do Loire

Lá estava eu lendo Clarice Lispector, “A Descoberta do Mundo”, quando no conto “Reconstituição histórica de uma dama nobre” ela menciona esse tal vale aí. Fui pesquisar porque ela pode não ser minha escritora favorita, mas reconheço o bom gosto. Dei de cara com o Castelo de Chenonceau e pronto, só faltava carimbar o passarpote. Quem me conhece sabe que tenho um pé atrás com contos de fadas, Disney e essa lavagem cerebral toda, porém, os castelos em Vale do Loire quebram as pernas de qualquer revoltada sem causa. E como não sou boba já logo escolhi o supracitado, que tem um barraco entre Diane de Poitiers e Catarina de Médicis, babado fortíssimo! Vai render muitas fotos lindas em um álbum de dar inveja ilustrando uma viagem com certeza inesquecível.

Floresta Negra

É uma cordilheira que fica na Alemanha e leva esse nome por causa do tom da floresta. Ela é mencionada na Revista Bula em um artigo sobre o escritor Hermann Hesse, que nasceu lá. O artigo é ótimo e explica melhor do que eu. Meu pai tem esse sonho de me ver voltando à terra natal da família, visitando Bonn - onde meu avô nasceu - e etecétera e tal. Não tenho a menor curiosidade de conhecer as grandes cidades como a maioria dos turistas, o meu desejo é passar um dia inteiro desbravando a floresta mais linda que já vi.

Flåm

Situado na Noruega, é um íngreme vale que oferece passeio de trem. Veja você, Escandinávia, trem, floresta, nórdicos, salmão: o que mais eu poderia querer?! Se porventura eu realmente me casar em Petäjävesi (e eu vou!) quem sabe Flåm seja o lugar perfeito para uma lua de mel. Esse meu lado Sheldon Cooper, que adora trens, só me leva para os lugares mais mágicos do mundo!

11 comentários:

Jessica disse...

"Não fica triste, não. Eu trago uma lembrancinha."

Que bom que você não se esqueceu de mim, Del! ;__;v

L.H.C disse...

Você foi bem pontual nas suas escolhas, Del, o castelo parece um lugar fantástico,(diferente de você eu tenho uma queda por castelos, é a minha metade que ainda sonha com o príncipe encantado e tals); mas eu também queria ir para a Finlândia, queria ver a pista onde o Kimi começou a correr de kart quando era um garotinho :) esses finlandeses tem um ingrediente secreto, só pode.

Anna Vitória disse...

Del, adoro quando você faz essas listinhas, porque suas respostas são sempre ótimas e fogem muito do óbvio. Eu, inclusive, já comecei várias vezes a rascunhar uma dessas, mas sempre me desisto porque eu sou tão óbvia que vou fazer os outros perderem tempo lendo que - surpresa! - eu sonho mesmo é com Paris!

Mas eu também sempre sonhei em conhecer a Finlândia, tá? haha

beijo

Mia Sodré disse...

Após namorar um finlandês, tudo o que quero é distância da Finlândia, haha. Mas a Floresta Negra... bah! ♥ Um dia, um dia...

Renata Cristina disse...

Nossa, adorei suas escolhas. Bem diferente da maioria, inclusive eu mesma. Quando for, traz mesmo uma lembrancinha?! *-*
Estou mudando de blog (do calda de morango para o reenoceronte).
Beijos

Elisa Mello disse...

Ai meudeus, eu quero ir para todos esses lugares também, tudo tão lindo!
Mas fiquei com um amor especial pela finlândia ♥

Ana Flávia Sousa disse...

Mas é tão bom quando você vem expor esses seus desejos, porque aí a gente descobre tanta coisa e fica aqui babando e sonhando! Um lugar mais lindo que o outro!
Eu, que malmal viajo dentro do estado, já estou pra lá de feliz de conhecer Buenos Aires em julho, enfim, é um começo. Mas Europa é meu sonho de consumo, como uma boa estudante de arquitetura que sou, sonho, sonho, sonho.

Aiai.

Beijos

gabriela m. disse...

Auroville tem nome de cidade americana Oo hahaha

Finlândia, Alemanha, Noruega <333 por motivos de: europa. frio. neve.
Roubei alguns itens da sua lista, haha.
;*

Gabi disse...

Del, um lugar é mais lindo que o outro.
Se eu fizesse um post assim, só teria paisagens também. Cidade grande só é bom para fazer compras e comer, mas não tem o encanto e a magia dos bosques, castelos e tantas outras coisas que tiram o fôlego só de olhar uma foto.
Do teu post, só sabia da Floresta Negra (e Finlândia, claro. Mas não especificamente de Petäjävesi). Se me falassem algo sobre Auroville iria achar que era algo nos Estados Unidos e Flåm então... eu iria olhar pra pessoa com cara de bunda, com certeza.
Beijos

Fernanda Curvellano disse...

Adorei sua seleção, super original hahah A única que eu já tinha ouvido falar era Auroville... Mas devo admitir que estou morrendo de paixões pelo Castelo de Chenonceau s2 s2 s2

http://fcemcrise.blogspot.com.br/

Fabiana C. disse...

Nossa, Europa e principalmente países baixos são meus sonhos de consumo. Mas, como eu não sou tão corajosa como você, prefiro não alimentar expectativas de ver auroras boreais. Fico só viajando em fotos, filmes, livros e tudo o mais que venha pela frente. Deus sabe como eu gostaria de desbravar o mundo! :)

Postar um comentário