19 de novembro de 2013

Você tem uma nova mensagem

Oi, tudo bom? Lembra de mim? Sou eu, a sua inspiração. Não, não. Essa nuvem negra e tempestuosa é sua consciência! Eu sou aquela neblina densa, que volte e meia garoava sobre seu coração. É compreensível que você tenha se esquecido, afinal, não nos encontramos há meses. E se por um lado você estava ocupada com os afazeres fisicamente extenuantes, por outro lado eu continuei aqui, invisível, mas presente. Tentei entrar em contato uma vez. Você deve se lembrar do dia que começou a escrever e foi interrompida por um chamado desnecessário. Afinal de contas, concluímos após um tempo, não tem havido muita utilidade para nós duas ultimamente.

4 comentários:

Nina Vieira disse...

Mesmo com a inspiração aparentemente indo embora, você ainda consegue utilizar a imaginação para construir uma narrativa simples e criativa sobre ela. Você tem ideia do quão excelente escritora é? Não nos abandone.
Beijos!

Thai Catedral disse...

Então você esteve por perto todo esse tempo, dona Inspiração? Eu já começava a acreditar que tinha sido abandonada aqui, que tivesse fugido para o fim do mundo, que nunca mais a veria nessa vida.
É bom saber que está aí. Pode não parecer, mas senti -muito-, sua falta. Se não for pedir muito, peço por favor, que não se ausente por longos períodos.

Luísa Chaves disse...

Se esse foi um texto sem inspiração, já imagino os maravilhosos escritos que você continuará a fazer quando vocês duas se entenderem novamente!
Não costumo comentar muito, mas sempre estou por aqui e te acho simplesmente uma escritora sensacional! Assino embaixo no que a Nina disse!
Beijo!

livroseoutrasfelicidades disse...

<3 esse textinho

Postar um comentário