18 de janeiro de 2015

O meu dia ruim

Todo mundo vive dias ruins, mas isso não torna o meu dia de cão menos estressante. Este dia ruim foi meu, todo meu, e eu não admito que me impeçam de sofrê-lo até ao menor dos detalhes só porque outras pessoas também não tiveram a sorte de passar por um dia bom. Não tenho alguém para fazer massagens nos meus pés ou nos ombros, ninguém preparou uma refeição especial, meus cachorros não entendem nada de dias ruins (apesar de esforçarem o máximo para me receber em casa como se este fosse o último dia do mundo). Então, eu escolhi terminar o dia da melhor forma possível. Porque eu mereço. Coloquei música boa para tocar e fiz uma das coisas que mais me relaxa: desenhei mandalas. Esqueci do dia e comecei a me preocupar só com os sonhos que teria durante a noite.


1. George Harrison & Ravi Shankar - Shanti Mantra
2. João de Sousa Carvalho - Toccata in G (Andante)
3. Anoushka Shankar & Sting - The Book of My Life
4. Wolfgang Amadeus Mozart - Die Zauberflöte (Bei Männern welche Liebe fühlen)
5. Yungchen Lhamo - Lhasa
6. Heidevolk - Dageraad
7. Apocalyptica - Nothing Else Matters
8. Maria Callas - O Mio Babbino Caro (Giacomo Puccini, Gianni Schicchi)
9. Ani Choying Dolma - Bhagawan Kahan
10. James Newton Howard - The Gravel Road

5 comentários:

Douglas Gonçalves disse...

Aaaaah George Harrison <3 ótima trilha pra relaxar.

Ricardo Monteiro disse...

Dias ruins todos tem, é a vida.
Play simpática.

Boa Noite,

Pablo disse...

Força, Del...! 2015, pelo que estou vendo, preparou um Janeiro bem desconfortável pra mim e para algumas pessoas! Dias melhores virão, se Deus quiser!

Ingrid A. disse...

olha Del..admirei sua força pra que o dia terminasse bem.. eu to aqui agora, na fossa maluca me achando uma perdedora por nao ter uma vida como a das outras pessoas.. o pior eh que pra mim as noites sempre sao piores, fico pensando nas derrotas da vida antes de dormir e aí nao durmo, fico insone acumulando olheiras de cansaço.

Janeiro pra mim tem sido intenso, vou me mudar pra SP, sair de casa, ficar longe dos pais, em outra cidade e tudo isso em nome de estudar pra tentar uma carreira melhor.. enfim...

Sorte pra nós <3

Camile Carvalho disse...

Quando tenho dias difíceis coloco algumas músicas que me animam, tomo um banho revigorante, faço yoga e tento mudar o padrão dos meus pensamentos, mas desenhar mandalas nunca tentei. Obrigada pela dica, deve funcionar bem, é uma terapia! =)
Beijo
www.camilecarvalho.com

Postar um comentário